Blog LCD Porto

Projeto: LCD Monitor

Em 11.10.2018 por João Figueiredo

Let's Make It

Como espaço de trabalho partilhado por várias pessoas, onde ser pretende ter a maior flexibilidade e ao mesmo tempo segurança e responsabilidade, o controlo de acessos é um desafio que há muito tentamos resolver.

Resolvemos canibalizar o atual alarme e criar um novo cuja programação seja bem mais flexivel.


Coordenador: João Figueiredo
Repositório: https://github.com/lcdporto/lcd-monitor


Vamos aproveitar os sensores de movimento do atual alarme e fabricar uma nova consola.

As funcionalidades que queremos ter em funcionamento na primeira versão são:

  • gestão de códigos por utilizador
  • ativação/desativação remota (via web) do alarme
  • atribuição de códigos temporários

Posteriormente temos planeado implementar:

  • check-in de membros do LCD Porto
  • adição de sensores para deteção de incêndios
  • controlo de fechaduras

Implementação

O LCD Monitor será controlado por um Arduino e uma API a correr num servidor.

O Arduino irá operar o alarme de forma independente, monitorizar o estado dos sensores, aceitar códigos de ativação/desativação pelo keypad, e despoletar os besouros.

A API para interagir com a App do LCD e receber instruções que passará ao Arduino via Ethernet.

Nesta primeira fase, embora não se planeie fazer já uso, será logo integrado no hardware um leitor RFID/NFC que será utilizado em futuras versões de software.

Atualizações

26-02-2019 - Mudança para PlatformIO

O projeto mudou do Arduino IDE para PlatformIO.

19-02.2019 - Módulo Ethernet

Testado o módulo de Ethernet e efetuado Pull Request à biblioteca para resolver problema de timeout.

25-10.2018

O Gonçalo Pereira criou a primeira versão dos esquemáticos da PCB e foram efetuados alguns testes. Primeiras provas de conceito no software para o Arduino. Ler mais em LCD Monitor: PCB e Testes.

16-10-2018

De forma a simplificar o projeto e deixar de manter uma Raspberry PI ‘presa’ e subutilizada decidimos adicionar um módulo Ethernet ao Arduino.

A API passa a correr num qualquer servidor na LAN que comunica com o Arduino via Ethernet.

O projeto foi dividido em quatro componentes principais, dois de software (API e Código do Arduino) e dois de hardware (PCB e consola).

O projeto no GitHub começou a ser atualizado com estas decisões e com os requisitos mínimos que cada um dos componentes terá que cumprir para que as funcionalidades base do projeto sejam implementadas.

A descrição do projeto neste post (texto acima) foi também atualizada.


Cover photo by Bernard Hermant